Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2018

Review: Os Incríveis 2

Apesar dos vários sucessos comerciais, a Pixar vem deixando a desejar quando se trata de resgatar a magia de seus títulos originais na hora de fazer suas sequências. Salvo Toy Story, que para mim só cresceu a cada filme, o estúdio tem entregado longas de qualidade, porém sem o toque especial de seus antecessores. Para minha alegria, isso não acontece após os 14 anos de espera pelo retorno de Os Incríveis.
O que mais me impressionou nesse filme foi o quão direta ao anterior a sequência é, começando antes do fim do primeiro, tornando possível assistir aos dois como um grande único filme (salvo pela mudança de qualidade de animação, que é gritante, em especial nas cenas que refaz do primeiro). Essa acabou sendo uma decisão inteligente também, pois dado o longo tempo que separa o lançamento dos dois filmes, uma mudança de período dentro da historia talvez dificultasse a relação público-personagem, até porque parte do apelo do filme é nostálgico. Reencontra-los exatamente onde os deixamos…

Review: Homem-Formiga e a Vespa

O primeiro filme do Homem-Formiga apresentava, tal como o poder do personagem, uma aventura em menor escala em relação ao resto do Marvel Cinematic Universe. O filme de assalto fortemente apoiado na comédia foi um respiro para a franquia macro da Marvel depois do segundo Os Vingadores e possivelmente de maneira proposital sua continuação vem logo após o maior evento já lançado pelo estúdio, exercendo essa mesma função. Para nossa sorte, aqui isso é feito com a mesma competência do antecessor.
Foi muito inteligente da parte do diretor Peyton Reed e do produtor Kevin Feige manterem essa franquia em especial sobre questões menores, o que combina com sua escala de filme e o diferencia do restante das produções lançadas pelo estúdio. Depois do épico Pantera Negra e do grande filme-evento Guerra Infinita, esse Homem-Formiga e a Vespa vem como um respiro necessário. É só uma pena que não tenham o mantido um filme tão isolado quanto o anterior, pois a dependência jogada na ligação com Capit…